Cuidados com os pés

Seus pés te aguentam o dia todo, pulando, saltando, girando ou somente andando.
Eles merecem um cuidado especial!

1175231_623308504368941_1870839231_n

Sempre que eu forço demais meus pés em alguma aula de ponta, chego em casa e preparo uma salmoura.
Nada complicado, apenas uma bacia de água morna com sal grosso ou sal normal mesmo.
Deixo os pés ali relaxando por uns 5 minutos e massageio para estimular a circulação.
Depois que tiro da água, seco bem e alongo eles um pouco.

Sobre hidratante: passo no máximo uma vez por semana, para pele não ficar fina demais. Se a pele ficar fina/sensível demais, podem surgir mais machucados feitos pela ponta e pode chegar a ficar em carne viva (e não queremos isso, né?).

Unhas:  ir regularmente ao podólogo.
Confesso que sempre achei besteira. Quando encravava minha unha (SEMPRE, pq eu cortava toda errada minha unha), eu cutucava até achar a pele/unha que estava fazendo o estrago. Até que dessa última vez, fiquei umas 4 semanas sem poder usar a ponta, me rendi e fui ao podólogo. Fiquei mais duas semanas sem ponta para a unha poder crescer certo. 6 SEMANAS SEM USAR A PONTA, CASTIGO DEMAIS, nunca mais corto as unhas tortas e visito sempre a minha podóloga.🙂

Se a sua unha encravar, não repita meu erro descrito acima.
Compre a pomada nebacetin, coloque onde encravou junto com um pedaço de algodão, um esparadrapo para segurar e vá para a podóloga.
Se você não tiver a pomada em casa, faça uma salmoura com água quente e sal (vai arder um pouquinho, mas vai aliviar sua dor) e vá para a podóloga.

O corte ideal das unhas é o mais curto possível (perto da carne) no centro e reto nas bordas, mas lembrando de não deixar pontas que possam “entrar” na pele e encravar.

Esmalte: eu já desisti de pintar as unhas dos pés com esmalte escuro/colorido.
É fazer a unha num dia e o esmalte sair no outro depois da aula. Passo só uma base ou um esmalte clarinho.

Calos: são só uma secreção da pele composta da proteína queratina. Eles são formados pela pressão da pele. Em alguns casos eles ficam inchados, avermelhados e doloridos, as ponteiras ajudam bastante a suportar o incômodo. O aconselhado é não tentar removê-los com soluções vendidas em farmácia, e sim, procurar um especialista. Podólogos geralmente conseguem tratar dos calos. Porém, fazem parte da nossa vida, tente se acostumar.

Bolhas: ocorrem quando os sapatos e meias esfregam com força a pele, especialmente se o excesso de calor é gerado, como por exemplo, a ponta. Para evitar bolhas, eu costumo colocar um pedaço de esparadrapo no local que eu sei que “esfrega” demais na ponta: no osso do joanete, calcanhar e perto do dedinho. Uma dica: Não coloquem esparadrapo no calcanhar, da última vez que fiz isso, grudou taaaanto na pele que machucou quando eu tirei. Agora só coloco band-aid. E se mesmo assim surgir uma bolha, faça um curativo simples. Se ela estourar sozinha, use uma pomada antibacteriana. NUNCA tente estourar sua bolha, ela pode infeccionar e ficar mais grave ao ponto de te levar ao médico.

Mais alguma dúvida?
Deixem por comentários.🙂

Marcado:, , , , , , , , , , , , , ,

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: